Aos Leitores do blog

Sejam Bem-vindos!!! Este é um espaço dedicado a arte e aos seus (futuros) admiradores. Ele é uma tentativa de despertar em seus visitantes o gosto pelo assunto. Aqui, poderão ser encontradas indicações de sites, livros e filmes de Artes Visuais, imagens de artistas, alem do meu processo de trabalho. É o meu cantinho da expressão. Espero que sua estadia seja bastante agradável e proveitosa.
Este Blog é feito para voces e por voces pois muitas das postagens aqui presentes foram reproduzidas da internet. Alguma das vezes posso fazer comentarios que de maneira parecem ofensivos porem nao é minha intençao, sendo assim, me desculpem. Se sua postagem foi parar aqui é porque ela interessa a mim e ao blog e tento focar os pontos mais interessantes. A participaçao dos autores e dos leitores é muito importante para mim nestes casos para nao desmerecer o texto nem acabar distorcendo o assunto

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

COMO CONSEGUIMOS VER AS TRANSFORMAÇÕES DO MUNDO ATRAVES DA ARTE? COMO AS IDEIAS SE ESPALHAM?

    Nossa! Já estamos a poucos dias do ano novo então tomara que todos passem a virada do ano bem e que consiguem tudo de bom. Que 2011 seja um ano de boas novas.

  • Como conseguimos ver as transformações do mundo através da arte?
     Podemos verificar que tipo de arte foi feita, quando, onde o como, desta maneira estaremos dialogando com a obra de arte, e assim podemos entender as mudanças que o mundo teve.

  • Como as idéias se espalham pelo mundo?
    Exploradores, comerciantes, vendedores e artistas (mecenas) costumam apresentar às pessoas idéias de outras culturas. Os progresssos na tecnologia também difundiram técnicas e teorias. Elas se espalham através da arqueologia, quando se descobrem objetos de outras civilizações; pela fotografia, a arte passou a ser reproduzida e, nos anos 1890, muitas das revistas internacionais de arte já tinham fotos; pelo rádio e televisão, o rádio foi inventado em 1895 e a televisão em 1926, permitindo que as idéias fossem transmitidas por todo o mundo rapidamente, os estilos de arte podem ser observados, as teorias debatidas e as técnicas compartilhadas: pela imprensa, que foi inventada por Johann Guttenberg por volta de 1450, assim os livros e e arte podiam ser impressos e distribuídos em grande quantidade; pela Internet, alguns artistas colocam suas obras em exposição e podemos pesquisá-las, bem como saber sobre outros estilos.

    Como mencionado anteriormente, estilo é como o trabalho se mostra, depois do artista ter tomado suas decisões. Cada artista possui um estilo único. Assim, Salvador Dalí tinha um estilo diferente de Picasso e de Tarsila do Amaral. Por esse motivo, a categorização de estilos e movimentos é importante.

  Confira abaixo uma lista de estilos artísticos importantes e bastante conhecidos:


Fonte: http://www.spiner.com.br Spiner O portal para jovens

Proxima postagem: Arte-Terapia dia 04/01/2011

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

COMO ENTENDEMOS ARTE? O QUE É ESTILO? POR QUE ROTULAMOS OS ESTILOS DE ARTE?

   Primeiramente, quero lhes desejas um Feliz Natal ja que estamos proximos a ele. Um aviso, as postagens serão publicadas de 1 em 1 semana tanto que no final de cada publicação ela cita o proximo texto. Espero que gostem, hoje falaremos sobre:  

  •  "Como entendemos a arte?"  
    Alguns temas do site no qual peguei as referencias sao tao pequenos que em alguns há opinioes minha, como é mostrado hoje.

  • "Como entendemos a arte?" e O que é estilo? Por que rotulamos os estilos de arte?
    O que vemos quando admiramos uma arte depende da nossa experiência e conhecimentos, da nossa disposição no momento, imaginação e daquilo que o artista pretendeu mostrar. 

Minha opinião:  

  A arte so pode ser entedida quando a relacionamos com algo  comum a nos, ou seja, deve existir uma troca entre o espectador e o objeto observado. Podemos captar algo somente quando (de alguma forma) ela consegue nos afetar. Caso sejamos indiferente, ela nos passa despercebida e é como nem tivessemos visto nada. Tudo é uma associação, um reconhecimento.

  • O que é estilo? Por que rotulamos os estilos de arte?
     Estilo é como o trabalho se mostra, depois do artista ter tomado suas decisões. Cada artista possui um estilo único.
    Imagine se todas as peças de arte feitas até hoje fossem expostas numa sala gigantesca. Nunca conseguiríamos ver quem fez o quê, quando e como. Os artistas e as pessoas que registram as mudanças na forma de se fazer arte, no caso os críticos e historiadores, costumam classificá-las por categorias e rotulá-las. É um procedimento comum na arte ocidental.
Ex.: Surrealismo

Minha forma de ver:  

 Rotulamos a arte para melhor compreende-la, destacar a diferença entre uma e outra pois se todas fossem iguais nao haveria razao de classifica-la, de fazer apontamentos e assim conseguimos admira-la ou nao. A arte é a expressao de um tempo e de um povo. Como estamos sempre em transformação, a arte precisa acompanhar este desenvolvimento e estar em continua mutação.

Proximo Texto: "Como conseguimos ver a transformação do mundo atraves da Arte?"      Data 28/12

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

ALGUMAS QUESTOES SOBRE ARTE

  • Quem faz arte?
    O homem criou objetos para satisfazer as suas necessidades práticas, como as ferramentas para cavar a terra e os utensílios de cozinha. Outros objetos são criados por serem interessantes ou possuírem um caráter instrutivo. O homem cria a arte como meio de vida, para que o mundo saiba o que pensa, para divulgar as suas crenças (ou as de outros), para estimular e distrair a si mesmo e aos outros, para explorar novas formas de olhar e interpretar objetos e cenas.

  • Por que o mundo necessita de arte?
     
  Porque fazemos arte e para que a usamos é aquilo que chamamos de função da arte que pode ser feita para decorar o mundo, para espelhar o nosso mundo (naturalista), para ajudar no dia-a-dia (utilitária), para explicar e descrever a história, para ser usada na cura doenças (arte terapia) e para ajuda a explorar o mundo. 
   (Minha adição)  A arte pode ser um documento muito importante para conhecer o modo de vida e o costume, os gostos das civilizações antigas por isso a arqueologia é uma ciência tão importante.

 Próximo Postagem: "Como entendemos a arte? Quais são seus estilos? Por que a rotulamos". Data:21/12

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

MINHA ESCOLHA DE ESTUDAR ARTE e o CURSO TECNICO EM CONSERVAÇAO e RESTAURO DE BENS

  O tópico de hoje é para falar como cheguei a estas duas formações: Artes Plasticas/Visuais que tanto amo e o tecnico em  Conservação e Restauração de bens móveis que descobri e aprendi a gostar quando fiz o curso.

      Artes Plasticas:

   Falar sobre as artes plásticas é fácil, pois toda criança que frequenta a escola já descobre o lápis e as cores bem cedo e isso pelo jeito me encantou e me influenciou na minha escolha. Eu cresci com livros infantis/ilustrados (minha mãe sempre nos deu livros e nos incentivou a ler; que é minha outra paixão).
     Foi vendo estes livros que comecei a prestar atenção nas imagens e depois passei a copia-las apenas olhando. Porem não sabia que existia a profissão artista até os 10 ou 12 anos de idade já que na minha infância as aulas de arte eram mais ligadas as formas e não para conhecer artistas e suas obras.
     Tomei minha decisão de se tornar artista quando vi, em uma revista de curso a distancia, o curso de desenho e pintura. A partir de então não tirei mais esta ideia de ser desenhista da cabeça, pois desenho para mim era transformador; capaz de mudar o mundo. Tanto que isso me levou a formar em Artes Plásticas na área bidimensional (desenho, pintura, gravura e desenho gráfico).
     Mesmo tendo esta certeza do que eu queria, ainda sim no 2º período do curso tive uma crise de me achar incapaz para o curso (o que não mudou muito pois até hoje) ao ponto de querer mudar de faculdade porem nenhuma outra me satisfazia tanto quanto a artes e continuei.

    Conservação e Restauração em Bens Moveis

     Já falar sobre restauração é bem estranho pois no meu curso de artes sempre haviam alunos apaixonado por arquitetura, construções, coisas antigas e restauração lembra muito isso e eu não conseguia entender este gosto. Para mim, não tinha graça nenhuma visitar museu de moveis, ver casas (eu era preconceituosa mesmo neste assunto). Ao meu ver museu interessante era só de telas, escultura e gravuras.
      Então após um tempo de formada e como sempre desesperada por não exercer minha profissão e não ter emprego, minha mãe quem diria (apegada e superprotetora como ela é) me "expulsou" de casa: Ela viu na propaganda que uma Fundação de arte (700 Km de distancia de onde morava) iria abrir vagas de seleção para restauração e ficou mais empolgada que eu. Quando vi a grade do curso, achei muito interessante as matérias ligadas a arte e teóricas pois elas complementavam o que eu não tive no meu curso anterior.
    Aceitei o desafio de sair pela primeira vez de casa, conhecer o novo!  Fiz o curso, cresci tanto como pessoa quanto estudante, prendi a mudar o meu olhar para o antigo, me interessei  em conhecer Igrejas e a  prestar atenção nos santos, dos quais não sabia nada, pois não tenho religião e não gosto do assuntos.
    Agora é diferente, você aprender sobre o significado de cada imagem para a religião ate porque a maioria dos símbolos religiosos já existiam antes da própria igreja, ela que os tomou para si e lhes deu um sentido melhor que lhe interessava. Para conviver com o sacro, basta  observar  tudo pelo lado estético/tecnico e não religioso e assim consigo sair bem das situações alem de aprender um pouco sobre cada coisa.
   Bem, este foi o tópico de hoje, quando eu tiver mais ideia do que escrever volto a postar aqui e se tiverem sugestão também ...
                                                                                             Obrigada e Ate mais

Proxima Postagem dia 14/12 "Quem faz arte e porque necessitamos dela?"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...